quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Um argumento a favor da proibição



3 comentários:

Margarida disse...

"It had to be you..."

mag disse...

há sempre um motivo... quanto mais não seja de ordem capilar.

Liliana disse...

Coitado do homem, se fosse em Portugal eu aconselhava-o a levar a senhora à minha esteticista...