quarta-feira, 9 de março de 2011

Sugestões


«Company é uma peça sobre o casamento. Ou, como diria Musil, é uma peça sobre os homens sem qualidades: capazes de habitar o mundo moderno sem estabelecer nenhuma ligação substancial com os seus semelhantes.»

[JPC, na Folha, a 9/5/2007]

1 comentário:

Margarida disse...

... ou "quanto mais eu rezo, mais assombrações me aparecem".